Como funciona uma escola bilíngue?

Entenda de forma rápida e direta os pontos fundamentais sobre como funciona uma escola bilíngue – e quais os melhores caminhos para a implementação desse sistema

Para saber como funciona uma escola bilíngue, é fundamental, primeiramente, ter conhecimento da essência desse modelo educacional que é alvo de muita procura pelas famílias brasileiras.

Essa base conceitual será necessária para uma melhor visualização sobre a operação dessa proposta na prática, nos cronogramas em sala de aula e nas disciplinas oferecidas.

Esse é o objetivo deste artigo do Blog da TWICE: trazer, em um primeiro momento, o conceito dessa modalidade para, em seguida, explicar um poucos sobre como funciona uma escola bilíngue.

A definição

De forma simplificada, é possível dizer que a escola bilíngue é aquela em que o conteúdo em sala de aula é aplicado em dois idiomas. Nesse contexto, o estabelecimento não oferece aulas “de” inglês, apenas, por exemplo, mas “em” inglês.

Os demais conteúdos curriculares e disciplinas passam a ter a interação da língua inglesa, em aulas de História, Artes, Geografia etc.

Como já trouxemos em outros artigos, é importante compreender que, no Brasil, não há ainda uma legislação específica e definitiva focada, exclusivamente, na normatização do ensino bilíngue.

Há, isso sim, conteúdos e normas voltados ao ensino de idiomas – como é o caso do texto da própria Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

Diante disso, é importante buscar no cenário educacional, boas práticas de aplicação e aprendizagem para delimitar qual seria o melhor modelo de escola bilíngue disponível.

Afinal, como funciona uma escola bilíngue

A operação de uma escola bilíngue envolve diversas frentes que necessitam, obrigatoriamente, desenvolver atividades de maneira alinhada para a obtenção de resultados positivos.

Vamos trazer aqui alguns desses pontos:

Corpo docente

É fundamental que os professores da instituição estejam preparados e totalmente comprometidos com a proposta bilíngue – para que as experiências em dois idiomas desenvolvidas com os alunos tenham um bom feedback.

Para estabelecer essa relação, os professores devem passar por treinamentos tanto de aprendizagem quanto de atualização.

Material didático

Para complementar o desafio da aplicação dos conteúdos do Currículo Nacional com as propostas em um segundo idioma, a utilização de um material didático norteador e atualizado se converte em ferramenta essencial.

As instituições de ensino devem priorizar produtos que promovam a integração do ensino bilíngue aos mais diversos níveis do currículo, além de trazer novas experiências de interação para professores e alunos.

E não é só isso!

Entender como funciona uma escola bilíngue significa fazer uma imersão em outros pontos do funcionamento de um estabelecimento de ensino.

Para ter mais informações detalhadas sobre essa operação, acesse o site da TWICE Educação Bilíngue agora mesmo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *